sábado, 30 de janeiro de 2010

unchain my heart







"Para sempre é muito muito tempo, e o tempo tem um jeito de mudar as coisas."

segunda-feira, 25 de janeiro de 2010

repito:


"Só sei que nada sei."

sábado, 16 de janeiro de 2010

pessoas



5ªf, por volta das 16h, um amigo meu disse-me:

"- a natureza humana é fodida, não é?"



Pois é.

terça-feira, 12 de janeiro de 2010

tempo

Tempo.
O que mais temos e o que nos faz mais falta.

domingo, 10 de janeiro de 2010

sábado, 9 de janeiro de 2010

mantinha de retalhos take 2




Gostava de me sentir inspirada para poder escrever umas palavras bonitas que representassem as minhas ideias, de vez em quando. De vez em quando gostava de dizer "hoje vou estar bem" e o dia correr fantásticamente. Tudo se torna mais estranho quando estranhos estamos devido à estranheza de outrem. Bem que gostava de não depender em nada de pessoas...

Há muitas coisas que eu também gostava. Gostava de ver a Terra do espaço. Gostava de viajar por todo o mundo. Gostava de não ser preguiçosa. Gostava de ser mais culta. Gostava de ir de facto trabalhar para a NASA e dar aulas de ballet em part-time. Gostava de ter uma máquina analógica, uma fish-eye e uma profissional que me motivasse para a fotografia. Gostava que certas pessoas com as quais convivo todos os dias tivessem mais conversas sérias porque uma dia temos mesmo de crescer. Gostava que não existisse aquecimento global nem políticos corruptos, egoístas e só querem dinheiro. Gostava que as pessoas não fossem tão quadradas, umas pensam muito nelas outras pensam demasiado nas outras e não sei se existe meio termo. Gostava de viver ao pé da praia e ver o mar todos os dias, por muito banal que se tornasse. Gostava de não envelhecer, estabilizar numa idade à escolha e assim com todo o mundo. Gostava de refazer alguns dos meus dias adolescentes. Gostava que as pessoas não me esquecessem, quer eu viva ou não. Gostava de saber mais coisas que gostava que acontecessem mas acho que a pseudo inspiração fugiu. E por fim, gostava de não ter escrito nada disto porque isto não faz sentido nenhum.

domingo, 3 de janeiro de 2010

aspiro para 2010

(inspiração: Pina Bausch)