quarta-feira, 30 de junho de 2010

happy birthday my love*

I love you, all the time
< 1+2

quarta-feira, 23 de junho de 2010

quase quase férias

Junho: 13 - Espectáculo no Campo Alegre; 17 - Exame de BG; 22 - Exame de FQ; 23 - Exame grau 8 pela Royal Academy of Dance (London).
E ainda me disseram que devia desistir do ballet porque não ia aguentar a pressão do 11º...
Dá-me um gozo enorme acabar o ano, ter subido à maioria das disciplinas num ano de exames nacionais e no qual fiz dois graus de ballet no mesmo ano. Pois consegui. Agora falta um teatro e um espectáculo e aí sim estarei de férias.
Nunca estudar e dançar me deram tanto tanto gozo.

quinta-feira, 17 de junho de 2010

exames, um problema que toca a todos

Para além das provas que temos que dar ao longo do ano, com testes intermédios e sem férias para estudar para eles, com um horário de carga estupida como 3 dias manhã e tarde e 2 tardes, ainda temos que provar que dominamos matéria de 2 anos, o equivalente a 4 livros. Claro, na faculdade é pior, blá blá blá, apesar de menor carga horária, mais para estudar. Pois bem, eu só me posso queixar do que se passa comigo e quando lá chegar, farei os meus comentários. O que é certo, e isto não há possível refutação, isto é f*****.
Um feito, um por fazer. A cabeça dói, o corpo pede descanso e é tão fácil deixarmos de estudar... Tenho mais medo do que está para vir mas tenho que ir na desportiva até porque posso sempre repetir. Quero férias!

segunda-feira, 14 de junho de 2010

ballet


Depois dos dias mais intensos de treino, é simplesmente incrível o que o corpo humano consegue aguentar. A valsa em pontas mais difícil que tinha de fazer era depois de uma valsa em conjunto, sendo a outra um dueto. Nos bastidores todas nos queixavamos de dores nos pés. Já tinha feito um dueto em pontas e ainda ia fazer depois uma dança húngara extremamente cansativa. Dias intensos, semanas a treinar o mesmo e ainda assim tudo saiu como previsto, até acho que foi das vezes que correu melhor. E pensar que tinha no público família quase toda, ex-professoras e, claro, o namorado. Fazer um bom trabalho é importante e sabe muito bem, mas a recompensa sabe ainda melhor. E acabamos assim o dia, a pensar que somos capazes de fazer tudo o que queremos só porque queremos e temos os meios de lá chegar.
Um agradecimento bem especial ao "gajo mais feliz à face da Terra".

quinta-feira, 10 de junho de 2010

semana do "dormir-dançar-comer-estudar" - parte 2 (dia 10)

Apesar de ter o ballet a ocupar muito do meu tempo, o estudo vai andando devagarinho. Demos graças aos testes intermédios pois sem eles não podia estar assim calma. Mas, no meio da Geologia de 10º, aparece o estudo da formação do Sistema Solar e a hipótese nebular: os planetas, os asteróides, os meteoritos, sistema Terra-Lua. E aparece uma imagem que me fez lembrar tempos de infância.

"- Quero seguir astronomia.
- Porquê? Isso é tão secante..."

Conto sempre a mesma história. Quando era miúda, tinha um atlas em casa. Um livro grande de capa dura e escura que no início tinha fotografias e explicações sobre o Big Bang, o Sistema Solar, a Terra. As fotografias do Big Bang não me diziam nada, ao contrário do que a teoria agora me faz mas o Sistema Solar... Ficava "tempos infinitos" a olhar para aquela fotografia numa altura em que Plutão ainda era planeta principal (raiva à 26ª Assembleia-Geral da IAU). O fundo negro, as cores dos planetas e do Sol e o desconhecimento completo do que seria aquilo que estava naquela fotografia aguçaram a minha curiosidade. Sempre adorei mistério. E é a esse sonho que me prendo.
Digo sonho porque, se pensar bem, não sei se quero. Não me dei a 100% com Física este ano mas o maior problema é o depois do curso. Paris (ESA)? EUA (NASA)? Portugal não tem futuro com certeza. A solução para estas dúvidas é esquecê-las. Nunca ninguém se prende a um só sitío. Mudamos de escola, mudamos de casa, mudamos de trabalho, mudamos de cidade ou de país. Se algo nos puxa, porque não ir atrás? Quando lá chegar, tomarei uma decisão e que, sem dúvida, será intensamente pensada...


Eis uma fotografia do tal atlas com a tal imagem do SS.

semana do "dormir-dançar-comer-estudar" - parte 1 (dia 8)

Sem dúvida que está a ser uma semana complicada... O 11º1A chegou ao fim e apesar de todas as contrariedades que nos separaram e juntaram durante o ano, há pessoas das quais não queria nada separar-me delas. Pessoas que me aturam todos os dias há já 11 anos seguidos (é dose), pessoas que este ano se tornaram dos melhores amigos que alguém pode ter, pessoas que mesmo não falando todos os dias, lá estão com um sorriso para nós. É espantoso como uma mera turma da qual muitas vezes me desiludiu, fique parcialmente marcada pela positiva. Enfim, mais vale poucos e bons! O teatro, o liceu, não nos vamos separar assim tanto mas não vai ser a mesma coisa... Ema, Paulo, Catarina, Guilherme, Letícia, Adriana, Laura, Pedro e até o Fred. São fases pelas quais temos que passar e para o ano é que vai ser a derradeira despedida.

domingo, 6 de junho de 2010

quinta-feira, 3 de junho de 2010

Dia 1 & 2

Parafraseando Raúl Solnado: "Tenho dois discursos: o discurso pequeno e o discurso grande. O discurso pequeno é: Obrigado. O discurso grande é: Muito Obrigado."
Nada mais preciso dizer porque realmente fizeram-me sentir a pessoa mais feliz do mundo *