quinta-feira, 4 de novembro de 2010

will you do that for me?


"Quem começou com a brincadeira, quem a inventou, foi o Simão. A Marta ainda morava em Benfica. A Elisa era pequena, o Simão abria os braços e dizia-lhe:
- Dá-me um abraço com a força com que gostas de mim!
A Elisa sorria com os olhos, começava a correr e ia pôr-se, com os braços abertos, muito longe do Simão. Ele fingia que chorava com o choro fingido de uma criança, fingia que esfregava os olhos. Depois de a Elisa acreditar que ele já tinha chorado o suficiente, corria para os seus braços e apertava-o com toda a força. Apertava-o até a garganta começar a fazer o barulho de muita força. Nesse momento, parava e o Simão dava-lhe beijos ruidosos nas faces.
Eu sabia que o Simão visitava a Maria. Eu não falava sobre isso, mas sabia. O Simão fez essa brincadeira também com a Ana. O Francisco começou a fazer essa brincadeira com o Hermes e, depois, com a Íris. Quando o Francisco entra em casa da Maria, procura a Íris, abre os braços e diz-lhe:
- Dá-me um abraço com a força com que gostas de mim!"


In Cemitério de Pianos, de José Luís Peixoto

1 comentário:

Ruy Jôrgë disse...

Não posso! *-*
Meu amor, com a força com que gosto de ti rebento-te :b

<1+2